Buscar
  • Unno Agency

O medo de inovar, que levou a Blockbuster a falência!

Empresa poderia ter comprado a Netflix por US$ 50 milhões em 2000, mas achou a empresa cara.




Em 2000, quando a Netflix ainda era uma startup de aluguel de DVDs pelo correio, a empresa estava em apuros. O estouro da bolha da internet a havia deixado em uma situação financeira complicada.


Mas uma reunião conseguida por seus fundadores poderia salvá-la: John Antioco, CEO da Blockbuster, então líder mundial no ramo de aluguel de filmes, queria conversar sobre uma possível compra.


Para Randolph e Hastings (fundadores da Netflix), um negócio com a Blockbuster era algo que poderia salvar a Netflix.


Durante a conversa, Antioco disse duvidar do poder da internet e dos benefícios de ter uma empresa online como parceira. A bolha da internet havia acabado de estourar, e a Blockbuster vivia um grande momento.


Ao ser perguntado sobre um preço para a compra da Netflix, Hastings imediatamente respondeu: US$ 50 milhões. Era exatamente a quantidade necessária para manter a empresa de pé. Antioco, no entanto, reagiu de forma inesperada. Segundo Randolph, estava fazendo o máximo para segurar uma risada. A partir daí, a conversa já não deu mais certo e o negócio não foi fechado.


O resto da história é conhecido: a Netflix conseguiu sobreviver com seu sistema de aluguel por correio. Mais tarde, tornou-se uma das precursoras do formato de streaming e rapidamente explodiu em valor de mercado. Em 2018, chegou a estar avaliada em quase US$ 180 bilhões. A Blockbuster, mesmo em seu auge, nunca valeu mais que US$ 5 bilhões.


Fonte: Época Negócios, Globo.com


Essa é a história real de que todos devem acompanhar as mudanças no mercado, mesmo estando em sua melhor fase, porque quem não se adapta as mudanças, fica para trás!


#netflix #blockbusters #empresa #publicidade #marketing #unnoagency



7 visualizações0 comentário
unno logo png_edited.png